Eyemed Paixão por Oftalmologia oct

MEIBOGRAFIA 

As glândulas meibomianas desempenham um papel significativo na produção de lágrimas, contribuindo com lipídios para o filme lacrimal superficial. A disfunção das glândulas meibomianas desestabiliza as lágrimas, resultando em olho seco evaporativo.


A lamela posterior da pálpebra abriga uma frota de glândulas meibomianas situadas entre a conjuntiva palpebral e a placa tarsal.
Uma glândula meibomiana normal é aproximadamente linear e de 3 a 4 mm de comprimento, atravessando a pálpebra posterior perpendicularmente da margem da pálpebra até a borda oposta do tarso.


Uma inspeção mais próxima de uma glândula meibomiana demonstra uma arquitetura tubulo-acinar com arranjos saculares de ácinos e um sistema ductal que se comunica com os orifícios próximos à junção mucocutânea da pálpebra.
Os ácinos glandulares contêm aglomerados de células sebáceas modificadas, denominados meibócitos.

A unidade funcional de uma glândula meibomiana é o meibócito que sintetiza e segrega lipídios (meibum) no filme lacrimal pré-corneano.


Meibum permeia a superfície da lágrima, onde serve várias funções importantes.


Previne a evaporação das lágrimas e, portanto, a dessecação da superfície ocular, atua como uma barreira física e hidrofóbica ao movimento para dentro dos agentes ambientais e orgânicos, e lubrifica a superfície ocular para evitar irritação, promovendo ao mesmo tempo uma imagem ocular clara.


Consequentemente, a fisiologia da lágrima depende do funcionamento adequado das glândulas meibomianas.

MEIBOGRAFIA 

As glândulas meibomianas desempenham um papel significativo na produção de lágrimas, contribuindo com lipídios para o filme lacrimal superficial. A disfunção das glândulas meibomianas desestabiliza as lágrimas, resultando em olho seco evaporativo.


A lamela posterior da pálpebra abriga uma frota de glândulas meibomianas situadas entre a conjuntiva palpebral e a placa tarsal.


Uma glândula meibomiana normal é aproximadamente linear e de 3 a 4 mm de comprimento, atravessando a pálpebra posterior perpendicularmente da margem da pálpebra até a borda oposta do tarso.


Uma inspeção mais próxima de uma glândula meibomiana demonstra uma arquitetura tubulo-acinar com arranjos saculares de ácinos e um sistema ductal que se comunica com os orifícios próximos à junção mucocutânea da pálpebra.


Os ácinos glandulares contêm aglomerados de células sebáceas modificadas, denominados meibócitos.

Av. Presidente Kennedy, 3500

Santa Paula, São Caetano do Sul - SP

CEP 09572-200

+55 11 98135-9390
contato@eyemed.com.br
  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle
  • Instagram - White Circle
© 2017 Todos os Direitos Reservados
® 2018 Eyemed é marca registrada - INPI